Volvos terão Google Assistant, Google Play Store e Google Maps

Volvos terão Google Assistant, Google Play Store e Google Maps

O anúncio da Volvo tem como base a parceria estratégica anunciada em 2017 entre a Volvo Cars e a Google - na altura, a empresa sueca afirmou que a próxima geração do Sistema de Infoentretenimento e Conetividade Volvo teria como base o Sistema da Google Android. Este era um projecto em que a Google já estava a trabalhar desde 2016, já lá vão 2 anos em que este sistema tem vindo a melhorar gradualmente.

Porém, com o Android Things, o Google tem como objetivo fornecer uma estrutura que permita que o Google, não os desenvolvedores de hardware, se encarregue de enviar novas atualizações, o que garante que, sempre que um novo patch de segurança para Android for lançado, ele seja enviado para o Android Things imediatamente, para evitar os períodos de espera de semanas ou meses dos quais muitos dispositivos Android sofrem atualmente.

Assim sendo a Google tenta minimizar todas aquelas brechas que faziam com que o sistema fosse menos seguro.

Outros anúncios que o Post disse esperar na conferência de E / S do Google amanhã incluem uma atualização do Google Assistente que o tornará mais interativo e novas ferramentas para os editores ajudarem a obter resultados de pesquisa confiáveis.

O Google está finalmente lançando hoje a versão 1.0 do Android Things, permitindo que fabricantes e desenvolvedores incorporem o ecossistema da empresa em uma infinidade de produtos como alto-falantes, porta-retratos digitais, termostatos, lâmpadas, interruptores, portas de garagem, chuveiros, eletrodomésticos de cozinha e mais, muito mais.

Sendo assim o Android Things poderá ser utilizado em equipamentos como o NXP i.MX7D e no tão popular Raspberry Pi 3 Model B, porém apenas para desenvolvimento de protótipos e não para aplicação comercial.

Segundo a própria Google teremos display´s inteligentes com o Google Assistant ainda este verão, sendo eles fabricados por marcas como a LG, Lenovo e JBL. O Android Things 1.0 foi apresentado no dia de ontem e está pronto para ser usado pelos developers.

Artigos relacionados