"Segundo Sol" estreia com gafe de filmagem na TV Globo

O 'TV Fama' desta última segunda-feira (14) exibiu uma entrevista exclusiva com Giovanna Antonelli e durante bate-papo, a musa, que é a protagonista da nova novela da Globo 'Segundo Sol', comentou a polêmica racial envolvendo a trama, que foi acusada de ter um elenco majoritariamente branco em uma história que se passa na Bahia. Um internauta disse que a novela ganhou seu respeito "só por ter Cassia Eller na abertura".

A música Segundo Sol, cantada pela saudosa Cassia Eller, já era mais que esperada para a trilha principal do folhetim, mas um detalhe em especial chamou a atenção.

Com paisagens famosas de Salvador, a abertura conta com o hit de Cássia Eller em uma versão gravada pelo BaianaSystem.

Mas o que o cantor nem imagina é que seu irmão Remy (Vladimir Brichta), que é amante de sua ex-namorada Karola (Deborah Secco), não vai permitir que ele e Luzia vivam o grande amor. E corria tudo bem: sob o pseudônimo de Miguel, Beto foi para a ilha fictícia de Boiporã, onde se apaixonou pela marisqueira Luzia (Giovanna Antonelli) e pelos filhos dela, Ícaro (Thales Miranda) e Manu (Rafaela Brasil). Depois de visitar Beto Falcão e descobrir que ele pretende revelar a verdade sobre sua suposta morte e se casar com Luzia, Remy e Karola vão entrar em ação e destruir o romance do cantor. Luzia não deixa Beto se explicar e os dois acabam se separando. Laureta (Adriana Esteves) repreende Karola por se atrasar para a cerimônia fúnebre de Beto.

Artigos relacionados