Sérgio Moro recebe o prêmio Personalidade do Ano

Sérgio Moro recebe o prêmio Personalidade do Ano

O juiz federal disse que entende que há um quadro de mudança sobre o combate à corrupção no Brasil, algo que deve ser constante. Apenas 6,1% consideram que age de forma igual. Segundo Moro, "Judiciário e juízes devem atuar com modéstia, de maneira cuidadosa e humilde".

Os quase 1 mil presentes ao evento ainda ouviram de Moro a garantia de que o país está no caminho certo e que os estadunidenses podem investir no Brasil - além de Doria, outras autoridades políticas brasileiras acompanhavam com atenção o discurso, como o ministro Carlos Marun, um dos homens de confiança do presidente Michel Temer (MDB).

Juiz Sérgio Moro recebe prêmio de "Pessoa do Ano" pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos.

- São circunstâncias diferentes, estar em um evento do social e tirar uma foto, não significa nada, acho uma bobagem isso - disse ele, ao ser questionado sobre a foto, uma vez que ele havia dito no passado que se arrependeu de uma uma foto com o também tucano Aécio Neves. Meses depois, o ex-governador mineiro virou réu na Operação Lava Jato. Vara Federal em Curitiba, uma outra alusão ao número do PT. "Criminal of the year (criminoso do ano)" e "Moro pratica lawfare", escreveram os manifestantes. Outros como político. O juiz que usou os seus processos para atuar politicamente desde 2014, chegando a grampear e divulgar o conteúdo gravado da presidenta da República, Dilma Roussef, violando a Constituição, garantiu que não há ameaça de ruptura da democracia no Brasil.

O juiz de primeira instância falou como chefe de estado em alguns momentos. O jantar foi nesta terça (15) e as fotos circulam livremente pelas redes sociais.

Moro palestra num evento patrocinado, que foi organizado por João Doria Júnior, candidato do PSDB ao governo de São Paulo, com quem Moro posou sorridente para fotografias, que geraram revolta na internet.

Artigos relacionados