Peão morre após ser pisoteado por touro de 1 tonelada; veja vídeo

Peão morre após ser pisoteado por touro de 1 tonelada; veja vídeo

O competidor de montaria Gilliard Antonio, 24 anos, foi pisoteado por um touro e acabou morrendo neste domingo, dia 13. Seu nome estava entre os melhores competidores do Brasil.

Durante sua apresentação, o peão ficou durante sete segundos montado no animal. Ele é pisoteado nesse momento; A vítima se levanta e desmaia na sequência. Ele foi socorrido no local, mas após 40 minutos de tentativa de reanimação, ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

De acordo com informações, o peão sofreu uma fratura cervical, além de uma parada cardiorrespiratória. Giliard Antônio estava se preparando para uma competição nos Estados Unidos.

O atleta havia retornado aos rodeios e arenas no final de abril, após ficar mais de um ano afastado devido a uma lesão na bacia.

O competidor deixou a esposa e a filha de apenas um ano. O corpo deve ser levado para o município depois de ser liberado pelo Instituto Médico Legal (IML) de Maringá. O sepultamento está previsto para a manhã de terça-feira (15).

"É com pesar que a PBR (Professional Bull Riders) Brasil e a Sociedade Rural de Maringá informam o falecimento do competidor Giliard Antonio, 24 anos, ocorrido durante o Monster Energy PBR em Maringá (PR), na noite de domingo, 13 de maio de 2018". Em nota a PBR afirmou que: "Todos os procedimentos necessários foram tomados pela equipe médica no local".

A morte foi confirmada pela PBR Brasil e pela Sociedade Rural de Maringá.

Artigos relacionados