"Foram reuniões muito honestas e abertas", diz Bruno de Carvalho

A notícia da suspensão do treinador foi avançada pela imprensa ao fim da tarde.

Bruno de Carvalho admitiu durante uma entrevista à Sporting TV esta segunda-feira à noite que o clube vive um momento de frustração por não ter conseguido alcançar o segundo lugar da liga portuguesa. Como Record adiantou, existe a possibilidade de ser instaurada um processo disciplinar a Jesus, assim como a hipótese de um despedimento por justa causa. Uma decisão tomada na semana em que o Sporting vai jogar a final da Taça de Portugal.

O Observador escreve que será Nélson, treinador de guarda-redes, a treinar a equipa no Jamor. Na Taça de Portugal, os "leões" foram eliminados nos "oitavos", na Liga Europa caíram nos 16 avos-de-final e ficaram-se pela fase de grupos na Taça da Liga.

Entretanto, em declarações em directo à TVI24 à saída do Estádio de Alvalade, Bruno de Carvalho desmentiu que Jesus esteja suspenso."Vou dizer-vos uma coisa simples, percebo que vocês tenham que trabalhar. Fabricar notícias, não percebo", disse o presidente leonino. Todos nós assistimos a um jogo que prejudicou o Sporting, que nos fez perder bastantes milhões que estavam contabilizados.

O presidente do Sporting revelou, ainda, não ter gostado "da interação entre muitos sócios do Sporting e os jogadores", razão pela qual decidiu hoje promover uma série de reuniões. Para esta reunião de emergência, Bruno de Carvalho convocou Jesus, os seus adjuntos (Raúl José e Miguel Quaresma) e ainda a equipa médica e o departamento de scouting do clube. "Têm que esperar um bocadinho pelo Bruno, o que suspendeu o Jorge", concluiu Bruno de Carvalho, antes de abandonar o local.

Artigos relacionados