Dólar atinge R$ 3,69 nesta manhã

Dólar atinge R$ 3,69 nesta manhã

Somente nesta terça-feira, o dólar bateu os 3,67 reais. Na véspera, a moeda dos Estados Unidos fechou no maior nível em mais de 2 anos.

A cotação da moeda estadunidense para o Turismo já ultrapassa a casa do R$ 4 nas principais casas de câmbio cariocas, enquanto o euro dispara para R$ 4,8. Confirmada a cotação nesse fechamento, nesse dia mais nervoso, o sinal é que, nesses níveis mais próximos dos R$ 3,70, o dólar atrai fluxo vendedor, particularmente de exportadores. A moeda americana chegou a valer 3,692 reais durante o dia, perdeu força e encerrou o pregão com o maior patamar desde 7 de abril de 2016. Para quem recorria à compra em cartão de débito ou crédito pré-pago, a moeda americana saia a R$ 4,11, valor que estava apenas cinco centavos mais barato no final do dia, contabilizando o IOF de 6,38%.

O dólar segue em relação ao real a trajetória no exterior, com o avanço do rendimento dos títulos do Tesouro dos Estados Unidos, os Treasuries, acima de 3%, segundo a Reuters. A oferta de swaps cambiais pelo Banco Central tem sido insuficiente para conter a escalada do dólar, que também se valorizou frente a boa parte de outras moedas fortes e emergentes.

Internamento, o movimento de alta do dólar reflete também a cautela com pesquisa eleitoral divulgada na véspera que indicou a preferência por candidatos que os investidores enxergam como menos comprometidos com ajuste fiscal. No ano, a alta é de 9,48%. Além disso, ainda fará outro leilão de até 4.225 swaps para rolagem do vencimento de junho, no total de US$ 5,650 bilhões.

Artigos relacionados