Chapecoense x Flamengo; prováveis times, desfalques, onde ver e palpites

Chapecoense x Flamengo; prováveis times, desfalques, onde ver e palpites

Aos três minutos, Paolo Guerreiro cabeceou para o gol e empatou o jogo na Arena Condá. O técnico do Verdão do Oeste, Gilson Kleina, ainda tem dúvida sobre o time titular da equipe catarinense. Para se ter uma ideia da façanha. foi apenas a segunda vitória diante dos cariocas em 11 partidas. Por sua vez, os baianos conquistaram a primeira vitória neste campeonato.

A equipe teve três mudanças em relação ao time que empatou com o Paraná. Logo a quatro minutos ele cobrou falta na área, Leandro Pereira desviou de cabeça e a bola deu no travessão.

Aos 22 minutos ele achou o veloz Apodi na direita, que foi ao fundo e cruzou para trás, para Canteros chutar cruzado e fazer 1 a 0.

Saiu na frenteMal no Brasileirão, a Chapecoense aproveitou o fator casa para tentar derrubar o time carioca. Canteros tocou para Guilherme na direita, ele cruzou na área e Leandro Pereira errou o gol.

Foi uma das melhores atuação da Chapecoense na primeira etapa. Tudo bem que o Flamengo não estava com todos os titulares, pois alguns foram poupados. Dois voltaram de lesão (Diego e Juan) e Guerrero ainda precisa ganhar ritmo.

Mas no início do segundo tempo o goleiro saiu mal em cobrança de falta e Guerrero, quase sem ângulo, cabeceou para dentro do gol, empatando a partida. Mas aos poucos o time se reorganizou e começou a pressionar o time visitante. A arbitragem marcou pênalti que o próprio Guilherme cobrou e converteu, colocando o Verdão novamente em vantagem. Após levar o segundo, Barbieri colocou Vinicius Junior em campo, mas a equipe carioca só voltou a finalizar aos 31, com Trauco que chutou em cima de Jandrei.

Só que a Chapecoense não desistiu.

A Chapecoense iniciou o jogo com uma formação mais técnica, com os meias Canteros e Guilherme, além do atacante Leandro Pereira ocupando o lugar de Wellington Paulista, suspenso. Quando o árbitro apitou o final da partida os jogadores se abraçaram em campo, pois sabiam da importância do resultado.

Rafael Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Amaral, Guilherme (Eduardo) e Canteros (Neném); Arthur Caíke e Leandro Pereira.

FLAMENGO - César; Pará (Henrique Dourado), Léo Duarte, Juan e Trauco; Jonas, Jean Lucas (Vinícius Júnior), Diego e Rodinei; Marlos (Cuéllar) e Guerrero.

Quando a partida se encaminhava para o fim, a Chape conseguiu achar um gol aos 45 minutos: Márcio Araújo cruzou e Leandro Pereira tocou no cantinho, definindo a primeira vitória da equipe catarinense no Campeonato Brasileiro, 3 a 2. Guerrero e Vinícius Jr. descontaram pro Fla.

CARTÕES AMARELOS: Rafael Thyere e Douglas (Chapecoense). Público: 10.931. Renda: R$ 400.565.

Artigos relacionados