Operação Tira-Teima: PF cumpre mandados por ordem do ministro Fachin

Operação Tira-Teima: PF cumpre mandados por ordem do ministro Fachin

A Polícia Federal cumpre nesta terça-feira (10) oito mandados de busca e apreensão autorizados pelo ministro Edson Fachin, do STF (Supremo Tribunal Federal). A operação mira pessoas ligadas ao presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), embora o senador não seja alvo direto dos mandados.

Os mandados estão sendo cumpridos em São Paulo, em Goiás e no Ceará.

Em nota, a Hypermarcas - que agora mudou nome para Hypera Pharma - informou que houve operação "no escritório em São Paulo para colher documentos relacionados à colaboração do ex-diretor Nelson Mello". Em depoimento à PGR (Procuradoria-Geral da República), em junho de 2016, ele afirmou ter pago R$ 30 milhões através de lobistas propinas milionárias para senadores do MDB, entre eles o ex-presidente do Congresso, Renan Calheiros (AL), Romero Jucá (RR) e Eduardo Braga (AM). No centro da operação está a suspeita de doação irregular para a campanha eleitoral de Eunício ao governo do Ceará em 2014.

A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira (10/4), a Operação Tira-Teima, que investiga pagamentos de vantagens indevidas, por parte de empresários a políticos, para obter benefícios em medidas de interesse do grupo econômico.

O senador Eunício Oliveira, por meio de sua assessoria, informa: "ele não foi alvo da Operação Tira-Teima".

Artigos relacionados