"O Sporting é mais importante do que tudo" — Jorge Jesus

No futebol pode marcar-se dois golos num minuto. Temos a possibilidade de sonhar. Ainda ontem [terça-feira] houve um jogo de Champions [Roma-Barcelona] que ninguém pensava que era possível e aconteceu. Vamos partir para este jogo com o mesmo sonho. Vamos partir com o mesmo sonho, confiando na qualidade da equipa. Por vezes não estamos adaptados para solucionar.

Jorge Jesus já disse o que tinha a dizer sobre o assunto, não se alonga em novas considerações que possam acrescentar um ponto ao conto de pesadelo verde e branco.

O jogo entre a Roma e o Barcelona foi tema de conversa na conferência de imprensa e Jorge Jesus voltou a referi-lo para se pronunciar sobre uma possível alteração tática, à semelhança do que fez Di Francesco. Os treinadores não podem pensar que podem jogar numa linha de três ou quatro, para isso tem de se treinar. Temos a possibilidade de discutir o jogo e a eliminatória.

"Jogamos para eles. Que nos ajudem com amor e carinho para ultrapassar este adversário que é difícil", referiu, sendo, uma vez mais, questionado sobre a forma como a equipa tem lidado com esta crise diretiva que se vive.

O jogo de Madrid provocou as críticas de Bruno de Carvalho no Facebook, focadas na actuação de vários jogadores.

Diante dos madrilistas, Jorge Jesus não poderá contar com Bas Dost e Fábio Coentrão, que foram admoestados no encontro da primeira mão, mas garante que quem entrar em campo irá dar conta do recado, deixando entender que Acuña poderá ocupar o lugar do lateral esquerdo internacional português. O importante é marcar primeiro e não logo no início. Do outro lado está um adversário que a qualquer momento pode fazer golo. O importante é marcar primeiro. "Queremos fazer a remontada e para isso estamos a trabalhar para poder surpreender o Atlético", atirou.

"Estar nos quartos de final ja dá motivação para que este foco seja mais importante do que tudo que se tenha passado nestes últimos dias".

A motivação por chegar a esta fase da competição está em alta e apesar das dificuldades, Jesus acredita nas possibilidades de o Sporting seguir em frente e até ganhar a Liga Europa. A diferença dos jogadores das equipas grandes é esta.

Artigos relacionados