Mariah Carey admite sofrer de transtorno bipolar

Mariah Carey admite sofrer de transtorno bipolar

Mariah Carey revelou que foi diagnosticada com transtorno bipolar em 2001.

A pop star, de 48 anos, mãe dos gémeos de seis anos, Morroco e Monroe, do casamento com Nick Cannon, admitiu que faz terapia e toma medicamentos para controlar a doença.

"Eu vivia em negação e isolamento e com o medo constante de que alguém iria me expor", confessou a artista à publicação especializada em celebridades. "Era um fardo pesado demais para carregar, e eu simplesmente não podia mais fazer isso". Eu procurei e recebi tratamento, coloquei pessoas positivas ao meu redor e voltei a fazer o que eu amo - compor e fazer música.

O tratamento está sendo feito com o auxílio de remédios para transtorno bipolar do tipo 2, que envolve períodos de depressão, alterações de humor, insônia e irritabilidade.

Por um longo tempo eu pensei que eu tinha um distúrbio do sono grave. Estava a trabalhar, trabalhar e trabalhar. Elas estão fazendo com que eu não me sinta cansada, fraca nem nada desse tipo. Eu ficava irritada e com medo de decepcionar as pessoas. Acontece que eu estava vivendo uma forma de mania. "Encontrar o equilíbrio é aquilo que é mais importante", disse. Eventualmente, eu acabaria batendo em uma parede. (.) Já os meus episódios depressivos eram caracterizados por ter energia muito baixa. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Leia os termos de uso e participe com responsabilidade.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Artigos relacionados