Carille confirma mudanças no Corinthians para a final; veja os relacionados

Carille confirma mudanças no Corinthians para a final; veja os relacionados

Com o revés para o rival no jogo de ida, o Corinthians precisa vencer o Palmeiras por dois gols de diferença no Allianz Parque no próximo domingo.

Teoricamente sem grande contribuição em termos técnicos, porém, Ralf entra na equipe para aumentar a estatura do time, com ganho de mais de 10 cm com relação a Gabriel (1.82m a 1.70m) e, principalmente, dar experiência a um meio-campo que espera outro jogo tenso, de provocações e discussões, como ocorreu em Itaquera. O paraguaio, no entanto, fará o corredor pelo lado direito do ataque, mandando Mateus Vital para o lado esquerdo, comumente ocupado por Clayson. Depois de orientar seus jogadores, o comandante pediu para a imprensa se retirar do posto onde acompanhava o treinamento para realizar trabalhos específicos, como bolas aéreas defensivas e ofensivas, um dos seus principais enfoques.

Além da rodagem, com seis títulos pelo Corinthians e passagem pela Seleção Brasileira, Ralf ostenta uma marca impressionante com a camisa alvinegra: mesmo atuando na proteção da zaga, nunca recebeu um cartão vermelho defendendo o Timão.

O treinador comandou um treino coletivo na quarta-feira em que esboçou uma formação com Jadson no lugar de Clayson, suspenso, e Ralf na vaga de Gabriel.

Focada mais em posicionamento, a atividade contou com um time suplente formado por Caíque (Walter); Mantuan, Léo Santos, Pedro Henrique e Capixaba; Gabriel, Renê Júnior, Pedrinho e Lucca; Emerson Sheik e Júnior Dutra (Marquinhos Gabriel), sendo observada de perto por um falante Fábio Carille. Depois, Carille reuniu os titulares num trabalho específico.

O treinador, por sinal, dificilmente faz mistério ou muda a escalação durante a semana, um forte indicativo de que esse realmente será o time para o embate no Allianz. Se derrotar o rival pela contagem mínima, a decisão será nos pênaltis.

Artigos relacionados