Menino desaparecido é encontrado morto no carro da madrasta

Menino desaparecido é encontrado morto no carro da madrasta

A avó diz que o viu afastar-se mas não apareceu em casa dos primos. A criança, nos 20 metros restantes, terá desaparecido, nunca tendo chegado à casa dos primos.

O corpo de Gabriel Cruz foi encontrado neste domingo pela polícia no porta-malas do carro de Ana Julia Quezada, que é a atual companheira do pai do menino e que vinha colaborando com o resto da família com as autoridades para localizá-lo. Ali viveu durante cerca de cinco anos até se ter mudado, com um outro namorado, para Las Negras, onde abriu um pub que se chama "Black". Foi aqui que o corpo, indicam os investigadores, foi retirado de um poço, enrolado num cobertor e colocado no porta-bagagem.

Ana Julia - detida ontem depois ter sido apanhada com o cadáver da criança na bagageira do seu carro - estava já a ser seguida pelas autoridades há alguns dias. Assim que tenta entrar na garagem da casa, Ana é interceptada pela Guarda Civil e é detida. Disse às autoridades que tinha o cadáver do menino no carro porque temia que alguém o encontrasse no poço onde estava escondido. Primeiro, porque existiram contradições no seu testemunho, e depois porque, no dia 3 de março, entregou uma camisola branca interior da criança, a fim de ajudar nas operações, que disse ter sido encontrada na Barranca Las Águilas, a cerca de 3,5 quilómetros do local.

O caso remonta a 1996 mas tinha sido concluído por se acreditar ter sido uma morte acidental.

A polícia, contudo, descobriu agora que a menina era afinal sua filha, fruto de um relacionamento no seu país de origem.

Pelo Twitter, o chefe do governo espanhol Mariano Rajoy afirmou: "Compartilho com todos os espanhóis o dor pela perda de Gabriel".

A busca por Gabriel Cruz, desaparecido em 26 de fevereiro mobilizou policiais, bombeiros e voluntários. Foi criada um hastag #TodosSomosGabriel para apoiar a investigação do desaparecimento do caso, ainda antes de ser encontrado o corpo. Ela também agradeceu pelas manifestações de solidariedade.

Artigos relacionados