Grêmio finalizou ontem preparação para Gre-Nal desta tarde

Grêmio finalizou ontem preparação para Gre-Nal desta tarde

Visitando o Internacional no Beira-Rio e precisando da vitória para não depender de mais ninguém para se classificar às quartas de final do Campeonato Gaúcho, o Grêmio não tomou conhecimento do arquirrival no primeiro tempo e com uma atuação brilhante de Luan saiu de campo com o importante triunfo por 2 a 1.

Internacional e Grêmio voltarão a se enfrentar nos dois próximos domingos. Assim, os rivais se encontram nas quartas de final do estadual. Depois de 11 jogos, o Grêmio voltou a vencer o Inter em clássicos válidos pelo Campeonato Gaúcho. Desta maneira, haverá dois novos "Gre-Nal" já na próxima fase da competição. Luan abre o placar no Beira-Rio após cruzamento de Bruno Cortez. Com um início de jogo equilibrado, o Grêmio surpreendeu na transição ofensiva.

Bastante solto em campo, Luan era a principal ameaça do Grêmio no clássico.

Completando 31 anos, Cortez, responsável pela assistência que resultou no primeiro gol do Grêmio, exaltou o excelente primeiro tempo de sua equipe, que poderia ter feito até mais que dois gols antes de ir para o intervalo. Na cobrança, Luan chuta no canto esquerdo e amplia a vantagem. De pênalti, quatro minutos depois, o atacante gremista ampliou, deslocando Marcelo Lomba.

No segundo tempo a conversa que o técnico Odair Hellmann teve com seus jogadores pareceu ter surtido efeito.

Após o gol colorado, a partida ficou mais faltosa, e o árbitro teve de trabalhar para evitar que o clássico tomasse uma proporção indevida quanto ao tipo de postura que ambas as equipes adotaram na hora da marcação. D'Alessandro cobra, e Rodrigo Dourado cabeceia e desconta.

A lesão do árbitro Jean Pierre Lima, que atrasou a continuidade da partida em vários minutos, deu mais algum tempo para os colorados, mas não deu: no final, Nico López fez jogada pessoal e finalizou à esquerda de Grohe.

As duas diretorias têm um acerto prévio que a cada material danificado no estádio, durante o Gre-Nal, a responsabilidade fica a cargo do clube da torcida responsável pelo ato.

Artigos relacionados