Focus: Mercado vê corte da Selic na semana que vem, para 6,5%

Focus: Mercado vê corte da Selic na semana que vem, para 6,5%

Os economistas do mercado financeiro reduziram a projeção para o juro básico brasileiro neste ano, segundo o relatório Focus publicado pelo Banco Central nesta segunda-feira (12). Para 2018, a expectativa de inflação foi reduzida de 4,24% para 4,20%. O próximo encontro do Copom (comitê do BC) sobre o tema acontece entre os dias 20 e 21 de março. Isso leva a duas constatações com relação à política monetária: 1) Na virada de março para abril, quando será a próxima reunião do Copom, já estaremos olhando mais para 2019 do que para 2018, ou seja, apesar de não ser bom ficar dois anos seguidos bem abaixo do centro da meta, pouco se pode fazer agora para que a inflação desse ano fique abaixo de 4,0%; 2) O comportamento recente da inflação sendo, novamente, influenciado por um resultado melhor do que o esperado no grupo alimentação, indica que a política monetária, pouco pode fazer para evitar que os números de inflação fiquem abaixo do esperado no curto prazo. Nos doze meses até fevereiro, o índice oficial divulgado pelo IBGE acumulou avanço de 2,84%, a menor leitura para o período desde 1999. Para 2019, as projeções continuaram em 8 por cento.

As apostas de novo corte este mês já haviam aumentado no mercado de juros futuros e se consolidaram após o presidente do BC, Ilan Goldfajn, reconhecer que a inflação lenta vem surpreendendo até a autoridade monetária. A mediana para o IPCA este ano caiu de 3,70% para 3,67%.

Os especialistas consultados passaram a ver ainda crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano de 2,87 por cento, sobre 2,90 por cento antes.

Artigos relacionados