Com gol de Jesus, Brasil bate Alemanha e espanta 'fantasminha'

Com gol de Jesus, Brasil bate Alemanha e espanta 'fantasminha'

Tite fez uma leitura positiva do Brasil no duelo contra a Alemanha. Após derrotar Inglaterra e França, o Brasil teve como último desafio enfrentar a Alemanha Ocidental, em Stuttgart.

Tanto Tite como Daniel Alves, que assume a braçadeira de capitão nesta semana, se recusavam a fazer qualquer tipo de críticas aos resultados da Copa do Mundo de 2014 e ao trabalho do time do então técnico da equipe, Luiz Felipe Scolari. Novidade no time titular, porém, o volante do Manchester City não foi o articulador que Tite esperava para o posto de Renato Augusto. A equipe sente falta do Neymar, mas está aprendendo a jogar e a ser forte sem ele. Após o empate no tempo normal, o Brasil venceu por 5 a 4 na disputa de pênaltis, com direito a Neymar convertendo a cobrança que definiu a vitória.

O diário esportivo também diz que, na Seleção, hoje "jogam os melhores", lembrando que atletas como Marcelo ou Coutinho ficaram fora de Copas anteriores por escolhas pessoais dos treinadores - enquanto Tite daria espaço a todos que estão em boa fase. A Alemanha invadiu a área, mas Alisson saiu bem para defender. A primeira delas, em cabeçada de Gabriel Jesus, foi fatal: 1 a 0 aos 37 do primeiro tempo em mais um lance com participação decisiva de Willian - jogador que pede passagem e merece um lugar entre os titulares.

Na segunda etapa, apenas aos 9′ o jogo ganhou fôlego. E com o Brasil. William chegou chutando, Trapp espalmou e Paulinho arriscou no rebote, mas a bola seguiu para escanteio.

Na sequência, substituições. Em menos de 10 minutos o treinador alemão Joachim Lowe fez quatro trocas: Sané por Stindl, Goretzka por Brandt, Mario Gómez por Sandro Wagner e Boateng por Sule. O meia da Juventus conhece bem a Alemanha, após se destacar no Bayern de Munique, e foi a campo para um novo teste com o treinador.

Os alemães insistiram em jogadas aéreas que não representaram muito perigo ao gol de Alisson. Mesmo assim, Miranda e Thiago Silva fizeram partida quase perfeita e frustraram todas as tentativas alemãs.

Antes do apito final, um susto. Aos 15 minutos, Gundogan recebe na entrada da grande área e chuta por cima do gol, perdendo mais uma boa chance para a seleção alemã. O Brasil procurou pressionar a marcação, adiantando os jogadores da frente. O jornal "Marca" foi mais um a citar a Seleção como candidata a levar o torneio em artigo publicado nesta quinta-feira, no qual lista sete motivos para que os brasileiros sejam, junto à Espanha, "grandes favoritos" para o título - o que também é apontado em enquete feita em no site do jornal.

Artigos relacionados