Um em cada quatro motoristas gaúchos pagou IPVA antecipado

Um em cada quatro motoristas gaúchos pagou IPVA antecipado

O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) ficará mais barato no estado de São Paulo, em 2018, segundo a Secretaria Estadual da Fazenda.

O IPVA, assim como no ano passado, vai ser reajustado de acordo com a tebela da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), que faz a avaliação do valor do carro usado. O percentual de abatimento é o mesmo de 2017.

Para pagamento no Banco do Brasil, basta informar o número do Renavam para o caixa da agência, o pagamento também pode ser feito por meio de débito em conta corrente, caixa eletrônico ou internet banking, para correntistas.

Em seguida, começam os demais pagamentos, de placa final 2, com data limite de vencimento da primeira parcela até 8 de fevereiro e da segunda, até 8 de março.

- Donos de veículos com placas que tenham final 5 e 6 devem pagar a cota única ou a primeira parcela até 20 de fevereiro.

IPVA deve ser pago até 30 de janeiro. Para isso é preciso fornecer o número do Renavam e a placa do veículo. No site da Secretaria da Fazenda (www.fazenda.pr.gov.br) também há a possibilidade de emitir a Guia de Recolhimento do Estado do Paraná (GR-PR), que pode ser paga nos bancos credenciados - Banco do Brasil, Bancoob, Bradesco, Itaú, Rendimento e Sicredi. De janeiro a novembro de 2017, 31.353 condutores foram autuados por falta de licenciamento e 10.656 veículos foram recolhidos aos depósitos do Detran pelo mesmo motivo. Além do site, é possível baixar o aplicativo do tributo (IPVA RS) para dispositivos móveis, disponível gratuitamente na App Store e na Google Play.

O custo desse imposto depende de variáveis, sendo calculado a partir de uma porcentagem do valor de tabela do veículo. Em 2018, o imposto vai poder ser quitado em até quatro parcelas, uma a mais que neste ano. Assim, essa despesa deveria ser programada com antecedência - uma vez que é certa que vai ocorrer -, isso proporcionaria não, só o pagamento em cota única como também não comprometeria o orçamento. Isto é, já se programe para resolver a causa do problema e não a consequência. O não pagamento do IPVA nos prazos estabelecidos gera multa. Segundo o presidente, é preciso saber em que situação financeira a pessoa se encontra: endividado, equilibrado financeiramente ou investidor.

Artigos relacionados