PF quer concluir investigações no STF até o final do ano

PF quer concluir investigações no STF até o final do ano

Segundo ele, grande parte é relacionada às delações de executivos da Odebrecht.

A Lava Jato vai acelerar seus inquéritos em 2018. A maioria seria encerrada nos próximos oito meses, segundo o diretor geral; portanto, antes do primeiro turno das eleições.

"A possibilidade de um ato intencional contra aquele voo foi bastante explorada, com diversos exames periciais e atos investigatórios diversos, e nenhum elemento nesse sentido foi encontrado, pelo contrário, os elementos que atingimos até agora, todos conduzem a um desfecho não intencional e trágico, infelizmente, naquele voo", disse Maleiner, acrescentando que os trabalhos da PF sobre o caso estão em fase de conclusão. "Eram nove delegados conduzindo investigações junto ao STF e agora são 17", disse.

O encontro entre Segóvia e Cármen Lúcia nesta manhã teve como objetivo a apresentação do relatório parcial das investigações da PF sobre o acidente aéreo que resultou na morte do ministro Teori Zavascki, em janeiro do ano passado. "Está em andamento o inquérito, foram enviadas as perguntas ao presidente Temer e a gente agora aguarda as respostas das perguntas, para que seja tomado um novo passo na investigação", disse. A PF encaminhou uma lista de 50 perguntas ao presidente, para que ele responda por escrito. Ele destacou que para cumprir essa meta, foi ampliado o número de delegados da operação, que quase dobrou, passando de 9 para 17. Porém, ele não disse qual será o quantitativo incrementado.

Artigos relacionados