Pela 1ª vez, 'Playboy' da Alemanha coloca modelo trans na capa

Pela 1ª vez, 'Playboy' da Alemanha coloca modelo trans na capa

A modelo Giuliana Farfalla entrará para história como a primeira mulher transgênero a estampar a capa de uma publicação da revista 'Playboy', na Alemanha.

No Instagram, rede em que reúne mais de 200 mil seguidores, a modelo comemorou a oportunidade: "Meus queridos, estou na última capa da Playboy e muito orgulhosa do resultado". Foi neste programa que a sua transição, que começou quando ela tinha 16 anos, foi abertamente discutida no país. Além disso, a partir de 19 de janeiro, a modelo fará parte do reality show de sobrevivência "Dschungelcamp" (Acampamento na selva, em tradução literal).

Boitin considerou que a opção de capa esteve em linha com a tradição aberta pelo criador da "Playboy", Hugh Hefner, que era "absolutamente contra qualquer forma de exclusão ou de intolerância".

Boitin acrescentou que Farfalla é um "exemplo maravilhoso de quão importante é a luta pelo direito à autodeterminação".

A "Playboy" norte-americana já apresentara uma modelo transgénero no poster das páginas centrais no ano passado. Lembrando que, no Brasil, a Roberta Close estrelou um editorial da famosa revista nos anos 90.

Artigos relacionados