MPL convoca segundo ato em frente à casa de João Doria

MPL convoca segundo ato em frente à casa de João Doria

Protesto de quinta (11) contra o aumento das tarifas do transporte público em São Paulo terminou em repressão da polícia.

O Movimento Passe Livre convocou o protesto para denunciar o aumento de 5,26% no preço dos bilhetes da Os manifestantes garantiram que vão continuar a lutar contra os aumentos dos preços.

Cartazes chamam o prefeito João Doria (PSDB) de "patrão" e lembra que ele prometeu, durante a campanha, que não mexeria no valor da passagem. Os manifestantes - cerca de 10 mil, de acordo com o MPL, e 1.5 mil, de acordo com a PM - se dirigiram ao Largo da Concórdia, no Brás, onde começaram a se dispersar.

Artigos relacionados