Mineiro: Pouco aproveitado no Flamengo, argentino deve reforçar o Cruzeiro

Mineiro: Pouco aproveitado no Flamengo, argentino deve reforçar o Cruzeiro

Além dele, a diretoria celeste contratou o lateral-direito Edílson (ex-Grêmio), os laterais-esquerdos Egídio (ex-Palmeiras) e Marcelo Hermes (emprestado pelo Benfica-POR), o volante Bruno Silva (ex-Botafogo) e os atacantes David (ex-Vitória) e Fred (ex-Atlético).

A Raposa vai desembolsar cerca de US$ 1,8 milhão (R$ 6 milhões) pela compra de 60% dos direitos econômicos do jogador. Ele assinará com a Raposa por três temporadas. A contratação de Mancuello é uma aposta de Mano Menezes, que vê no atleta um nome experiente em jogos internacionais e mais uma opção de polivalência no elenco. Ele foi contratado, após passagem pelo Independiente da Argentina, no início de 2016 por US$ 3 milhões. O representante do argentino, Uriel Pérez confirmou o interesse do Cruzeiro, sem entrar em outros detalhes, o jogador teria ficado animado com a possibilidade de defender a Raposa nesta temporada.

O Cruzeiro está confiante na negociação e acredita que poderá anunciar Mancuello ainda esta semana, caso as conversas continuem avançando com o clube carioca.

O argentino será o quinto estrangeiro da equipe, que já tem Lucas Romero, Ariel Cabral, Arrascaeta e Messidoro. Até então, o jogador tem recebido sondagens para retornar ao seu país de origem.

Deste valor, R$ 10 milhões foram pagos parceladamente. Mancuello é cria das categorias de base do Independiente, por onde ficou até 2015, antes de se transferir ao Flamengo.

Pelo rubro-negro, Mancuello contabilizou 68 partidas (44 como titular), fez 10 gols e contribuiu com 10 assistências. O jogador, no entanto, não repetiu no Rio de Janeiro as atuações que o consagraram na Argentina e foi colocado na lista de disponíveis para transferência.

Artigos relacionados