Mais um ano, mais uma vez o melhor do mundo. Quem? Ricardinho

Mais um ano, mais uma vez o melhor do mundo. Quem? Ricardinho

Capitão da seleção de Portugal ganha prémio pela quinta vez e ultrapassa Falcão. "EU SOU PORTUGUÊS", escreveu o jogador que tem contrato com o clube de Madrid até 2020.

Ricardinho arrebatou 917 votos do painel de 211 eleitores dos prémios para os melhores de 2017, contra 508 do espanhol Carlos Ortiz Jiménez, seu companheiro de equipa no Inter, e 332 do argentino Santiago Basile.

O internacional português Ricardinho, de 32 anos, foi eleito pelo Futsal Planet, o melhor jogador de futsal do mundo pela quinta vez. O ítalo-brasileiro Rodolfo Fortino, do Sporting, ficou no sétimo lugar, com 180 pontos.

Com esta distinção, Ricardinho passa a somar cinco distinções de melhor jogador do mundo, quatro de seguida e uma outra em 2010, ainda ao serviço do Benfica.

Janice Silva, no futsal feminino, foi a 6.º mais votada para Melhor Jogadora, enquanto para Melhor Guarda-Redes foram distinguidas Ana Pereira (2.º lugar) e Natalina Silva (8.º lugar).

Por seu lado, o Sporting ficou em terceiro entre os clubes, com 490 pontos, numa lista encabeçada pelo Inter Movistar (947), enquanto o técnico 'leonino', Nuno Dias, ficou em sexto entre os treinadores de clubes.

O Marcelo Rebelo de Sousa e o presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernado Gomes, já felicitaram o atleta português.

Este prémio representa, uma vez mais, o reconhecimento universal do talento, do trabalho, da superação e, diga-se, da magia do capitão da nossa seleção nacional de futsal.

Chega num ano excecional da sua carreira - em que conquistou a UEFA Futsal Cup, a Taça de Espanha e o campeonato de futsal espanhol - e poderá ser um bom prenúncio para o Campeonato da Europa que se avizinha, e o qual disputará com a camisola das Quinas, de 30 de janeiro a 10 de fevereiro.Por tudo o que simboliza para nós portugueses, pelo seu exemplo inspirador, pelo orgulho que exibe sempre com a camisola de Portugal, só posso dizer bem alto: "Muito obrigado, Ricardinho!".

Artigos relacionados