H&M veste camisola com palavra "macaco" a menino negro

H&M veste camisola com palavra

A imagem mostra a foto de um garotinho negro com um moletom com os dizeres "Coolest monkey in the jungle" (O macaco mais legal da selva, em tradução livre).

Recorde-se que Weeknd começou a trabalhar com a marca no ano passado, servindo de modelo em algumas campanhas publicitárias e desenvolvendo uma parceria criativa com a sua marca XO. O tuíte, publicado no último domingo (8), foi replicado por mais de 18 mil pessoas.

O ator norte-americano Jaleel White, da série "Family matters", fez um post revoltado em seu Facebook, nesta segunda-feira (7).

Não é a primeira vez que uma grande marca se encontra nesta situação.

A polémica estalou de imediato nas redes sociais, com vários utilizadores a considerarem a peça de roupa "racista", e foi de tal forma audível que a sueca Hennes & Mauritz foi obrigada a redigir um pedido de desculpas aos consumidores.

"A imagem foi removida de todos os canais H&M", reagiu uma porta-voz da marca.

Segundo o site da "Glamour Brasil", a H&M divulgou uma nota, dizendo que retirou a campanha do ar: "Nós sinceramente pedimos desculpas por esta imagem. Acreditamos na diversidade e inclusão em tudo aquilo que fazemos e vamos rever todas as nossas políticas internas por forma a evitar estes problemas no futuro".

Artigos relacionados