"Foi um grande jogo, dos melhores nesta Liga" — Pedro Martins

"Vai ser um jogo disputado a todos os níveis, muito apertado pela tabela também, dado as duas equipas estarem com os mesmos pontos, e com dois treinadores que tem o mesmo objetivo, que é ganhar, portanto, vai ser um jogo difícil entre duas boas equipas de campeonato", afirmou Luís Castro, na antevisão à partida da 18ª jornada da Liga. Sublinhando ser um "jogo de vontades", Luís Castro lembrou que as equipas têm massas associativas "muito apaixonadas", o que tornará o jogo ainda mais "entusiasmante".

Pedro Martins, treinador do Vitória SC, destacou a qualidade do encontro que opôs o conjunto vimaranense ao GD Chaves e que terminou com a vitória flaviense por 4-3. Foi um jogo intenso, de loucos, porque as duas equipas queriam fazer golos, com pouco rigor defensivo, das duas equipas, ou melhor, com a supremacia do processo ofensivo das equipas, em comparação com o defensivo.

Na segunda parte já houve mais equilíbrio, com as duas equipas a demonstrarem menos frescura física, devido à intensidade que o jogo teve nos primeiros 45 minutos.

Um dos protagonistas da campanha que levou os vitorianos ao quarto lugar na época passada - fez 40 jogos oficiais -, o brasileiro, de 25 anos, com 14 partidas disputadas nesta época, pode voltar aos relvados na sexta-feira, após ter superado uma lesão muscular que o deixou de fora por um mês - fez o último jogo a 11 de dezembro, no triunfo por 1-0 sobre o Feirense. O segundo lance é penálti, mas em Moreira de Cónegos tivemos esta situação e não foi revista de forma rigorosa, pois nem sempre os planos de imagem oferecidos aos árbitros são os melhores.

Luís Castro considera que a receção do Desportivo de Chaves ao Vitória de Guimarães vai ser um jogo disputado a "todos os níveis" e "muito apertado" pela igualdade na classificação. Mas isso é o futebol também. Criámos muitas oportunidades, e o Chaves teve muitas dificuldades, mas também criou situações.

Artigos relacionados