Falha no WhatsApp permite que outros leiam mensagens de grupos

Falha no WhatsApp permite que outros leiam mensagens de grupos

Durante a conferência Real World Crypto, em Zurique, um grupo de pesquisadores alemães explicou que qualquer pessoa em controle dos servidores do WhatsApp poderia inserir, sem esforço, novas pessoas em grupos de terceiros sem permissão do administrador.

O pessoal da Ruhr University Bochum, na Alemanha, foi quem descobriu a falha, publicando tudo em um periódico especializado.

Quando um utilizador é adicionado a uma conversa de grupo no WhatsApp ele passa a ter acesso a todas as mensagens e ficheiros partilhados pelos membros a partir do momento em que entra na conversa, mas não consegue visualizar as mensagens mais antigas.

A falha está no fato de não haver qualquer autenticação para convite de novos participantes para grupos.

Em contato com a Wired, um porta-voz do WhatsApp declarou que a empresa está "analisando a questão cuidadosamente", garantindo que "os membros de um grupo são alertados quando um novo usuário é adicionado".

A descoberta cria desconfiança na criptografia ponta a ponta do WhastsApp.

A falha foi reportada em julho de 2017. No Brasil, por exemplo, o app já chegou a ser bloqueado por não colaborar com a Justiça.

Artigos relacionados