Didi Chuxing confirma compra da 99

Didi Chuxing confirma compra da 99

A empresa chinesa de compartilhamento de transportes Didi Chuxing, avaliada em US$ 56 bilhões, confirmou nesta quarta-feira, 03/01, a compra do controle da brasileira 99, dona do app de táxis e compartilhamento de transportes, sem revelar o valor final da transação.

Sem divulgar o valor total da transação, Didi Chuxing anunciou em um comunicado que assume o controle da 99 Taxis e seus 14 milhões de clientes registrados.

Segundo executivos do mercado nacional de start-ups, o valor da negociação pode superar os US$ 500 milhões (aproximadamente R$ 1,63 bilhão) e pode colocar a 99 como primeiro "unicórnio" brasileiro.

A compra da 99 ainda não foi confirmada pela Didi.

Fundada em 2012, a Didi Chuxing se estabeleceu no mercado asiático após uma série de consolidações, em negociações que envolveram até a compra, por US$ 7 bilhões, do negócio local do Uber na China, em agosto de 2016.

O investimento consolida uma parceria já existente entre DiDi e 99 (em janeiro de 2017 a chinesa se tornou uma investidora estratégica da plataforma) para acelerar o mercado de corridas por aplicativo na América Latina, garantindo mais opções de transporte para os usuários. Foi só em 2016 que a companhia lançou o 99Pop, uma modalidade de transporte particular semelhante à Uber. A empresa chinesa, que já obtinha participação minoritária na brasileira, passa agora a comandar a companhia integralmente. Desde então, atuaram como parceiras nas áreas de tecnologia, inovação de produtos, desenvolvimento de mercado e gerenciamento operacional.

Além da Didi, entre os investidores da 99 estão o fundo brasileiro Monashees e grupos internacionais, como Softbank, RiverWood Capital, Tiger Global e Qualcomm Ventures. Estamos confiantes de que fazer parte da Didi Chuxing aumentará enormemente a nossa capacidade de expandir nossos serviços.

O pensamento de Peter Fernandez, CEO da 99, vai na mesma direção. A empresa mais recentemente começou a concorrer diretamente com a Uber e, hoje, já é sua maior adversária, com 30% do mercado nacional de transporte individual. O fundador da empresa, Paulo Veras, continua no comando como presidente do conselho de administração. Recentemente, a Didi fez uma captação de US$ 4 bilhões para suportar a expansão internacional e investimentos em Inteligência Artificial.

Artigos relacionados