Deus Salve o Rei: saiba porque autor desiste de matar Amália

Deus Salve o Rei: saiba porque autor desiste de matar Amália

Certa vez, Catarina será informada por sua criada Lucíola (Carolina Ferman) que seu noivo está muito doente e então tem a ideia maquiavélica de dar um fim a ele.

Crisélia decide comunicar diretamente ao povo sobre a morte de Afonso e, para desespero de Rodolfo, avisa ao neto que ele fará um pronunciamento.

Nos próximos capítulos de Deus Salve o Rei, Amália (Marina Ruy Barbosa) quase morrerá em um acidente com sua carroça. Demétrio, leal conselheiro do rei Augusto (Marco Nanini), vivido por Tarcisio Filho, conta a triste notícia para a majestade e sua filha Catarina, interpretada por Bruna Marquezine. Constantino promete ajudar Catarina a não se casar com o marquês. Crisélia anuncia ao povo que Rodolfo será o novo rei. Constantino (José Fidalgo) pede abrigo e comida a Augusto e demonstra encantamento por Catarina. Amália avista Afonso montado em seu cavalo. Virgílio (Ricardo Pereira) não percebe a presença de Afonso. Virgílio flagra Amália e Afonso se beijando. Catarina descarta o chá que o médico recomendou para Istvan (Vinícius Calderoni) e aproveita para cancelar o casamento. Ao descobrir o que sua filha fez, Martinho (Giulio Lopes) diz que não gostou do fim do noivado, mas Afonso garante que suas intenções são as melhores, deixando a mocinha esperançosa. Amália escuta Orlando afirmar a Petrônio que o casamento de Afonso será uma vergonha para Montemor.

"Nós sabemos que Afonso era, de fato, um homem de palavra, mas se Rodolfo (Johnny Massaro) assumir o trono". Rodolfo ordena a Cássio que a água da cidade seja diminuída para que sobre mais para a irrigação.

Artigos relacionados