CAIXA reabre financiamento habitacional mais barato

CAIXA reabre financiamento habitacional mais barato

Quem está em busca da casa própria tem uma boa notícia para começar o ano.

A CAIXA reabriu, nesta terça-feira (2), a linha de financiamento habitacional Pró-Cotista. Também será elevado de 50% para 70% o limite de financiamento para imóveis usados. A linha de crédito, com juros de 8,66% ao ano, abaixo da média do mercado, estava suspensa desde o primeiro semestre do ano passado por falta de recursos. Para unidades novas, foi mantido o percentual de 80% na cota do financiamento.

No total, a instituição terá R$ 4 bilhões para fazer empréstimos aos cotistas, menos que os R$ 6,1 bilhões contratados na linha em 2017, segundo informações divulgadas pelo jornal O Globo.

Para se enquadrar na linha pró-cotista, os interessados devem comprovar, no mínimo, 36 meses de trabalho sob o regime do FGTS (não necessariamente consecutivos) ou saldo de, no mínimo, 10% do valor da avaliação do imóvel.

Nos últimos meses de 2017, a Caixa reduziu o ritmo de concessões de crédito, suspendeu novos pedidos de empréstimo para a classe média e passou a operar somente com o Minha Casa Minha Vida para atender a famílias com renda bruta de até R$ 4 mil. Isso foi possível porque o FGTS e a União (via orçamento federal) concedem subsídios (descontos a fundo perdido para os benefíciados) e isso compensa a exigência de reserva de capital da Caixa. No ano passado, o recurso disponível foi de R$ 6,1 bilhões. Também é necessário seguir algumas regras: o interessado não pode ter um financiamento no Sistema Financeiro de Habilitação (SFH) em qualquer parte do país.

Artigos relacionados