Apple confirma: iPhones, iPads e Mac afetados pelas falhas nos chips

Apple confirma: iPhones, iPads e Mac afetados pelas falhas nos chips

A empresa vai oferecer uma atualização para corrigir problemas para o navegador de web Safari nos iPhones, iPads e computadores Mac.

No seguimento da descoberta destas falhas, a Google e a Microsoft informaram os utilizadores, nos seus sites oficiais, de quais os produtos que tinham sido afetados. A Apple confirmou que as vulnerabilidades atingem praticamente todos os seus dispositivos.

Chamadas de Spectre e Meltdown, as vulnerabilidades estão presentes em boa parte dos chips embarcados em computadores e aparelhos móveis. A notícia provocou uma venda das ações da Intel, já que os investidores tentaram avaliar os custos para o fabricante de chips.

"Todos os sistemas Mac e dispositivos iOS são afetados, mas neste momento não são conhecidas formas de explorar estas falhas que estejam a afetar clientes".

Quem tiver as atualizações mais recentes está protegido contra a falha Meltdown e a empresa, nos próximos dias, irá lançar uma nova atualização para prevenir e corrigir a falha Spectre. O sistema do Apple Watch não foi afectado.

Os dispositivos da Apple, Mac e iOS são vulneráveis aos ataques do Specter através de um código que pode ser executado nos navegadores de pesquisa.

Segundo o Google, os telefones Android - que representaram mais de 80% do mercado global - estão protegidos. caso os usuários tenham baixado as atualizações de segurança mais recentes.

A Apple manteve o silêncio por mais de um dia sobre o destino de centenas de milhões de usuários de seus iPhones e iPads. Ben Johnson, co-fundador e estrategista-chefe da empresa de segurança cibernética Carbon Black, disse que o atraso na atualização pode afetar o impulso da Apple para obter mais clientes empresariais a adotar seu hardware, se os dispositivos da Apple estiverem em risco.

Artigos relacionados