Após três meses, morre criança vítima de tragédia em Janaúba

Após três meses, morre criança vítima de tragédia em Janaúba

O menino é a 14ª pessoa morta na tragédia, sendo a 10ª criança.

Uma mulher, em estado grave, ainda está no hospital, segundo boletim divulgado pela Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig). A vítima deixou um irmão de 9 anos. Ele estava internado no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em BH.

No dia 5 de outubro de 2017, o vigia Damião Soares dos Santos ateou fogo na creche onde trabalhava e em si mesmo.

No momento do crime, 75 crianças e 17 funcionários estavam na escola. Os casos mais graves vieram para o Hospital João XXIII, em Belo Horizonte. Mais de 40 pessoas ficaram feridas por queimaduras e por inalar a fumaça tóxica do local. Damião chegou a ser internado, mas morreu horas depois.

Devido a tragédia, outras nove crianças morreram, além das auxiliares de professora Jéssica Morgana Silva Santos, de 23, e Geni Oliveira Lopes Martins, de 63, e a educadora Heley Abreu Batista, de 43 anos, que perdeu a vida tentando salvar os seus alunos.

Artigos relacionados