Alec Baldwin defende Woody Allen: "Acusações não foram sustentadas"

Alec Baldwin defende Woody Allen:

Este ano mudou a forma como eu vejo e me sinto sobre várias coisas; tem sido um aprendizado emocionante e por vezes esclarecedor. Curiosamente, um dos responsáveis pelas primeiras denúncias contra Harvey Weinstein foi o irmão de Dylan, Ronan Farrow.

É um pequeno gesto e não chega perto de ser uma compensação, mas eu doei meu salário para o Time's Up. Baldwin diz que aquilo por que Woody Allen está a passar é "injusto e triste" e que a investigação criminal que foi feita sobre o realizador não produziu acusações. I couldn't have imagined somewhere stranger to be that day. In the weeks following I have thought very deeply about this decision, and remain conflicted and saddened.

Farrow foi adotada por Woody Allen e Mia Farrow em 1992. Pode A Rainy Day in New York ser o último filme de sua carreira?

Há ainda uma cena entre os dois personagens em que a modelo interpretada por Fanning diz que tem 21 anos e, em uma discussão sobre a infidelidade dele, pergunta: "Essas mulheres estavam em busca do prazer, ou você estava completando um projeto?". Enquanto isso, a mãe de Selena Gomez tentou alertar a cantora a não participar, mas foi em vão.

Allen tem recebido inúmeras acusações de assédios e outras atrizes, como Greta Gerwig ("Lady Bird - Hora de Voar"), manifestaram arrependimento por terem participado de suas obras mais recentes. O prolífico diretor é parte de escândalos desde os anos 1990, quando ele se separou da parceira de longa data Mia Farrow para se casar com a filha dela Soon-Yi, ele também foi acusado de molestar sua filha, Dylan Farrow, mas nunca foi condenado pelo crime.

Dylan vem denunciando os abusos do pai desde 2014, quando publicou um artigo no jornal The New York Times. A justiça norte-americana, na altura, decidiu não punir o pai adotivo de Farrow, que sempre negou todas acusações e apontou a ex-namorada Mia Farrow como autora dos "boatos". Liderando uma mesa redonda promovida pelo canal CBS, Oprah Winfrey, que fez um discurso arrebatador contra o assédio no Globo de Ouro, perguntou às atrizes presentes se o tempo de Woody Allen havia, enfim, terminado. Allen continua a dirigir cerca de um filme por ano desde então, sempre rodeado de grandes estrelas.

Artigos relacionados