Rui Vitória admite rodar a equipa frente ao Basileia, mas deixa aviso

Rui Vitória admite rodar a equipa frente ao Basileia, mas deixa aviso

O adversário é o Basileia, que ainda luta pela presença nos oitavos-de-final da competição, e Rui Vitória aposta em deixar uma imagem positiva na despedida. Vamos aproveitar o jogo para outros objectivos: primeiro ganhar, porque em todos os jogos que entramos é com esse propósito. "Vamos possibilitar que alguns jogadores que não tem jogado tanto possam jogar amanhã".

O treinador dos encarnados reconheceu que gostava de estar noutra situação, mas considerou que o jogo com os suíços poderá servir para outros propósitos, entre os quais, dar minutos a jogadores menos utilizados. Ritmo competitivo, ter a experiência de alguns jogadores a este nível de Liga dos Campeões. Dá também sinal de que não temos só onze jogadores, temos um plantel de qualidade para dar resposta para o que quisermos.

"O que fizemos foi fruto das circunstâncias, que não correram tão bem".

"Queríamos estar melhores, não estamos e não vamos lamentar-nos de algo que não podemos controlar. Só se consegue com boas exibições no campeonato, na Taça, na Taça da Liga", concluiu.

"Não correu bem esta fase, por variados aspetos, aconteceu tudo junto".

As águias têm feito uma fase de grupos absolutamente negativa, com cinco derrotas noutros tantos encontros e na memória têm ainda a goleada sofrida na Suíça, por 5-0. Quem cá não está não passa de certeza. O que temos a ganhar? Por mais triste que eu esteja, há que olhar em frente. Temos de perceber que já não mexemos no passado mas sim no futuro.

Artigos relacionados