Plano para assassinar Theresa May foi descoberto e desmantelado

Plano para assassinar Theresa May foi descoberto e desmantelado

As autoridades britânicas crêem ter desmantelado um plano que visava matar a primeira-ministra Theresa May.

Um porta-voz de May não quis fornecer destes nove ataques, mas a imprensa britânica informa que um deles consistia em atentar contra a Chefe de Governo, embora os motivos não tenham sido revelados.

A polícia e os serviços secretos MI5 seguiram pistas nas últimas semanas que levaram à detenção de dois homens.

Os funcionários dizem que os homens conspiraram para realizar um ataque suicida com facas na Downing Street, a residência oficial da primeira-ministra. Também é suspeito de tentar se juntar ao EI, tentando obter um passaporte falso para viajar para a Líbia.

Naa'imur Zakariyah Rahman e Mohammed Aqib Imran estão acusados de terrorismo e devem hoje comparacer diante do tribunal para conhecer a sentença. Rahman carregava dois dispositivos explosivos improvisados??inertes, enquanto o outro estava em posse de um vídeo gravado por Rahman.

A descoberta desse plano contra a premiê foi revelada quando a ministra do Interior, Amber Rudd, disse na terça-feira que "22 complôs terroristas islâmicos" foram frustrados desde o assassinato de um soldado em Londres, em maio de 2013.

Três autores dos atentados estavam no radar das forças de segurança, segundo uma investigação interna que concluiu que a polícia perdeu várias oportunidades de evitar o atentado contra a Manchester Arena. "O Reino Unido enfrenta uma intensa ameaça terrorista, que é multidimensional, evolui rapidamente e a uma escala e ritmo que não havíamos registrado antes", afirmou a polícia.

Artigos relacionados