Mercado sobe previsão do PIB para 2017 e vê menor inflação

Mercado sobe previsão do PIB para 2017 e vê menor inflação

Na sexta-feira (1º), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) comunicou que o PIB encerrou o terceiro trimestre deste ano com crescimento de 0,1% se comparado com o segundo trimestre. Anteriormente, essa estimativa estava em 2,58%.

Divulgação/Google MapsProjeção de inflação cai para 3,03%, conforme Banco Central. Nos nove meses do ano, a alta acumulada foi de 0,6%, frente ao igual período do ano passado.

Esse avanço foi possível diante das medidas adotadas pelo Governo do Brasil para tornar o País mais eficiente, menos burocrático e com mais riqueza.

Entre os cinco economistas que mais acertam em suas projeções - o chamado "top 5" -, no cenário de curto prazo, a mediana das projeções para o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) recuaram de 3,03% para 2,93% neste ano e de 4,23% para 4,16% no ano seguinte. O levantamento apontou que o IPCA esperado para o próximo ano alcance 4,02 pontos percentuais, mesmo registrado há diversas semanas pelo boletim. Já para 2018, a taxa ficou em 4,02%.

Do lado da taxa básica de juros, as projeções se mantiveram em 7% nos dois períodos, indicando o último movimento na política de cortes na reunião do Copom (Comitê de Política Monetária) desta semana. Para o final do ano que vem, a estimativa para a Selic permaneceu em 7% ao ano.

Para 2018, o Banco Central mostrou que os analistas do mercado esperam um recuo para o superávit, indo de US$ 53,6 bilhões para US$ 52 bilhões.

Entrada de investimentos: estável em US$ 80 bilhões.

Artigos relacionados