"House of Cards" continua. Sem Kevin Spacey

Desta feita, a temporada vai acompanhar, em oito episódios, o percurso de Robin Wright, que encarna o papel de Claire Underwood, a mulher do presidente interpretado por Spacey. "Estamos muito ansiosos por termos conseguido negociar a conclusão da série", disse Ted Sarandos, Diretor de Conteúdos da Netflix.

Desde outubro que as gravações de 'House of Cards' estavam paradas.

Na ocasião, o executivo ressaltou que cerca de 2 mil pessoas estão envolvidas na produção da série.

A série foi suspensa devido ao escândalo de assédio sexual com Kevin Spacey mas vai mesmo ser produzida uma temporada final. Rapp teria sido assediado sexualmente quando tinha apenas 14 anos. Será uma temporada de oito episódios.

Elas classificaram de "predatório" o comportamento de Spacey e acusaram o ator de abusos rotineiros que tornavam "tóxico" o ambiente do set.

Logo em seguida, membros da equipe de produção de House of Cards acusaram o ator de assédio também, dizendo que este comportamento era corriqueiro nos bastidores.

Ainda não está confirmado como é que Frank vai desaparecer de cena, mas há rumores de que a produção se prepara para matar a personagem de Spacey.

Artigos relacionados