Eleitor agora pode votar com o aplicativo e-Título

Eleitor agora pode votar com o aplicativo e-Título

"É com esse intuito que lançamos o e-Título, aplicativo que possibilitará ao eleitor trazer consigo, em seu smartphone, uma versão digital de seu título de eleitor".

Até a Justiça Eleitoral decidiu criar um aplicativo para smartphones e tablets para facilitar a vida do brasileiro.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) precisou desfazer, nesta segunda-feira (4/12), um boato que ganhou as redes sociais e grupos de WhatsApp nos últimos dias.

Segundo a assessoria do TSE, o novo documento digital foi desenvolvido integralmente pela Justiça Eleitoral, uma iniciativa do Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC) adotada pelo presidente do TSE, Gilmar Mendes, para distribuição nacional.

Sem cancelamentoDe acordo com a Corte eleitoral, a legislação do país não prevê cancelamento de CPF e habilitação caso o eleitor não faça seu cadastro biométrico.

O aplicativo funciona com um QR Code para a validação na zona eleitoral.

Após efetuar o download do e-Título, os eleitores deverão preencher dados como número do título, nome, data de nascimento, além do nome do pai e da mãe. Se o eleitor dessas localidades não cumprirem o prazo, eles correm o risco de ficar sem o título eleitoral: os demais documentos são mantidos, reforça o TSE. Ele será escaneado para liberar o eleitor para votar. Nos títulos que já passaram pela biometria, a foto do eleitor também está disponível. Vale lembrar que ainda é necessário levar um documento com foto em dia de votação. "Além de proporcionar uma grande comodidade ao eleitor, essa nova ferramenta também representará uma economia relevante à Justiça Eleitoral, com a diminuição de custos com impressão de documentos em papel", explicou. O E-título exibe informações sobre quitação eleitoral, dados sobre cadastramento biométrico e endereço do local de votação, disponibilizando, inclusive, um mapa com geolocalização.

No entanto, não há nada que impeça que os eleitores que ainda não fizeram o recadastramento biométrico baixem o aplicativo para usar no dia da eleição, porém terão de apresentar documento de identificação com foto.

Artigos relacionados