Deputado Tiririca renuncia ao mandato e diz que sai com vergonha

Deputado Tiririca renuncia ao mandato e diz que sai com vergonha

Ele anunciou a renúncia durante discurso no plenário na tarde desta quarta-feira (06/12).

"Subo nesta tribuna pela primeira vez e última vez". Estou saindo triste para caramba, estou muito chateado mesmo com o Parlamento. O deputado informou que é com muita tristeza que ele deixa o Parlamento e que é vergonhoso o que vem acontecendo na política brasileira. O artista sempre disse que não tem "jogo de cintura" para a política.

Sem entrar em detalhes, nem mesmo quando questionado depois, em entrevista, Tiririca se disse envergonhado pelo que viu no Congresso ao longo de dois mandatos. "Não vou generalizar, não são todos, tem gente boa como em qualquer profissão". "Decepcionado com a política brasileira, decepcionado com muitos de vocês, muitos", afirmou. "A gente sabe que todos ganhamos bem para trabalhar e nem todos trabalham", acrescentou o deputado. "[.] Nunca brinquei aqui dentro, votei de acordo com o povo", afirmou. "Não fiz muita coisa, mas pelo menos fiz o que eu sou pago para fazer". Não fiz nada, mas o pouco que eu fiz, fiz de cabeça erguida. A gente é bem pago, R$ 23 mi limpos, tem apartamento, mordomia.

Apesar de ser palhaço de circo, o deputado leva a sério a vida política.

Tiririca, que já vinha comunicando a sua despedida em entrevistas à imprensa, falou oficialmente em seu primeiro e, segundo ele, último discurso na Câmara dos Deputados.

Artigos relacionados