Costa, o "socialista bem-sucedido", entre os mais influentes na Europa

Costa, o

O ranking de 28 personalidades a ter em conta na Europa foi anunciado, esta quinta-feira, pelo Politico. O primeiro-ministro português surge em nono lugar.

O jornal norte-americano considera o chefe de Governo português um "caso raro na Europa de hoje: um socialista de sucesso" e "um duro lutador político escondido atrás de um pronto sorriso de campanha".

António Costa foi considerado pelo Politico uma das personalidades que "está a moldar, agitar e fazer mexer a Europa".

Conseguiu apresentar-se como um campeão da mudança, capaz de 'virar a página da austeridade'.

A "habilidade política" do primeiro-ministro português é reconhecida interna e agora externamente. "Demonstrou uma notável capacidade de equilíbrio entre as reivindicações esquerdistas para reverter o aperto de cinto da altura da recessão, e uma [gestão económica] cautelosa que agradou aos investidores estrangeiros e aos parceiros de Portugal na zona euro".

Ainda assim, o Politico afirma que os apoiantes de Costa esperam que a rápida recuperação económica de Portugal "restaure rapidamente a posição do primeiro-ministro", assegurando que o objetivo é garantir uma "maioria absoluta nas próximas eleições parlamentares, em 2019".

A publicação escreve ainda que, em 2018, António Costa vai ter de "enfrentar um novo líder da oposição" e manter a sua "capacidade política" para gerir com equilíbrio o complicado relacionamento com os dois partidos [PCP e Bloco] que apoiam o seu governo minoritário.

Entre os elogios feitos por socialistas europeus, o Politico destaca o do ex-presidente francês François Hollande: "o que está a acontecer em Portugal é um exemplo do que se consegue fazer com um programa de governo que é, ao mesmo tempo, credível e fiel aos seus valores". No topo da lista consta o líder do Partido Liberal Democrático alemão, Christian Lindner, o ministro do Ambiente britânico, Michael Gove, e a ministra do Trabalho francesa, Muriel Pénicaud.

Artigos relacionados