Brasil não está tão bem no grupo da Copa

Brasil não está tão bem no grupo da Copa

A seleção brasileira vai encarar a Costa Rica, Suíça e Sérvia no início da busca pelo hexacampeonato. A primeira vez que ocorreu este duelo foi na Copa de 1950, no Brasil.

O Brasil começa sua caminhada na Copa do Mundo no dia 17 de junho (domingo), às 16h, em Rostov, contra a Suíça. No dia 22 de junho, o adversário será a Costa Rica, em São Petersburgo. Nesta fase, todos os times jogam entre si, e os dois primeiros colocados avançam na competição. No Grupo F estão Alemanha, México, Suécia e Coreia do Sul. Na primeira fase, o equipe de Tite atuará nas cidades de Rostov-do-Don, contra a Suíça, São Petersburgo, com a Costa Rica, e Moscou, diante da Sérvia.

Em relação à qualidade dos adversários que o Brasil irá enfrentar seleções de nível intermediário, mas todas elas se classificaram em primeiro lugar de seus grupos em suas confederações.

Quando se olha o PIB per capita no critério que ajusta o poder de compra da moeda, o Brasil fica em terceiro, um pouco a frente da Sérvia, com uma média de US$ 15,5 mil por ano, de acordo com dados do Fundo Monetário Internacional (FMI). Uma dessas vitórias é histórica: os 5 a 2 sobre os costa-riquenhos fechou a participação brasileira na primeira fase da Copa de 2002, na qual levamos o pentacampeonato.

Caso passe em primeiro de sua chave, o Brasil jogará nas seguintes cidades até a final: Samara, Kazan, São Petersburgo e Moscou.

Completando os sulamericanos na Copa, temos o Peru no Grupo C, disputando com França, Austrália e Dinamarca; e Colômbia, na chave H, ao lado de Polônia, Senegal e Japão.

Artigos relacionados