Tunísia e Marrocos preenchem últimas vagas africanas

Tunísia e Marrocos preenchem últimas vagas africanas

A Costa do Marfim está fora do Mundial 2018 após ter perdido em casa por 2-0 frente a Marrocos, que assim se apura para a fase final da competição que se disputa na Rússia. Sem medo do adversário, marcaram 2 a 0.

Saíram os dois últimos classificados africanos para a Copa do Mundo. Assim, os Elefantes ficam fora da Copa após participarem das edições de 2006, 2010 e 2014. Os gols foram anotados por Dirar e Benatia, em um intervalo de cinco minutos (aos 25 e aos 30), na primeira etapa da partida.

TUNÍSIA - Precisando apenas de um empate neste sábado, em casa, a Tunísia não foi brilhante, mas confirmou sua classificação ao ficar no 0 a 0 com a Líbia, em duelo válido pelo Grupo A.

Tunísia e Marrocos juntam-se a Brasil, Irão, Japão, México, Bélgica, Coreia do Sul, Arábia Saudita, Alemanha, Inglaterra, Espanha, Nigéria, Costa Rica, Polónia, Egito, Sérvia, Islândia, Portugal, França, Uruguai, Argentina, Colômbia, Panamá, Senegal e à Rússia.

Vai ser também a quinta participação da Tunísia em Copas do Mundo, mas a volta da seleção é depois de 12 anos, em vez dos 20 dos marroquinos.

Os tunisinos empataram em casa diante da República Democrática do Congo a zero e conquistaram o primeiro lugar do grupo A. A seleção da Tunísia garantiu desta forma o direito de participar no Mundial da Rússia a jogar-se no verão de 2018.

Artigos relacionados