Sede do Infarmed deixa Lisboa e vai para o Porto

Sede do Infarmed deixa Lisboa e vai para o Porto

O anúncio vai ser feito esta tarde, às 16.45 horas, na Câmara Municipal do Porto, um dia depois de os 27 estados-membros da União Europeia terem escolhido Amesterdão, na Holanda, para alojar a nova sede da Agência Europeia do Medicamento (EMA, na sigla inglesa).

Podendo vir a tornar-se na "capital do medicamento do país", o Porto poderá ainda, graças ao Infarmed, captar "algumas sedes da indústria farmacêutica a médio e longo prazo e isso dará benefícios em termos económicos à cidade", potenciando o seu desenvolvimento, assinalou o responsável.

Segundo António Araújo, "há algum tempo já se falava da deslocalização do Infarmed para o Norte de Portugal", admitindo, porém, que "faria ainda mais sentido se a EMA viesse para o Porto, porque aí sim conseguia-se congregar na cidade a decisão da utilização do medicamento".

Rui Moreira assegurou, por outro lado, que não haverá qualquer tipo de problema relativamente a instalações para o Infarmed na cidade do Porto. O Porto, que também estava na corrida, alcançou o sétimo lugar entre as 19 cidades candidatas, sendo que três delas retiraram a candidatura (Malta, Irlanda e Croácia).

A comissão de trabalhadores do Infarmed foi apanhada de surpresa e ficou a saber pela comunicação social que aquele organismo vai mudar de Lisboa para o Porto.

O Infarmed é um organismo central com jurisdição sobre todo o território nacional que até agora tem funcionado com a sede no Parque da Saúde, em Lisboa.

Artigos relacionados