Sérgio Conceição rejeita favoritismo no clássico

Sérgio Conceição rejeita favoritismo no clássico

No Estádio do Dragão, em caso de triunfo, o FC Porto passa a ter seis pontos de vantagem sobre o Benfica e deixa o emblema da Luz em 'maus lençóis' na luta pelo título, naquele que será o primeiro embate do técnico Sérgio Conceição com o rival de Lisboa, desde que é treinador dos 'dragões'.

Quem também poderá fazer a sua estreia em 'clássicos', como titulares, são os guarda-redes dos dois conjuntos, pois tanto José Sá, no FC Porto, como Bruno Varela e Svilar, no Benfica, nunca foram opção inicial nas equipas para uma partida desta dimensão. "Dentro do que tem sido a identidade da equipa", disse Sérgio Conceição, elegendo o jogo com o Leipzig, em casa, como o que o mais o marcou. Cada jogo tem a sua história. No entanto, estamos totalmente focados na nossa equipa e no que temos de fazer para ganhar. Temos de estar conscientes daquilo que não fizemos contra o Aves e que nos poderia permitir obter outro resultado. Empatar, para nós, é perder. Não é decisivo. É muito importante. "O que não acredito é que seja decisivo para o desfecho do campeonato", apontou.

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, recusou hoje abordar o clima de crispação no futebol português, mostrando-se apenas focado no jogo de sexta-feira, frente ao Benfica, da 13.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol. A vitória do Benfica deixa os 'leões' pela primeira vez na liderança isolada do campeonato, caso, claro, consigam bater a equipa do Restelo. "Quero um Porto igual ao que foi durante praticamente quatro meses, à excepção do jogo das Aves".

O jogo entre o FC Porto e o Benfica, que terá casa cheia, é tido de risco elevado, mas a PSP garante que está preparada para este tipo de eventos desde o Euro2004, realizado em Portugal, pelo que não vê necessidade de alterar um esquema que funciona e até é copiado a nível internacional. "Presumo saber, a 98% ou 99%, como eles vão atuar".

"Acho que, sem bola, fizemos um grande jogo em termos táticos, porque jogar com essa equipa alemã é muito difícil".

"O treinador do FC Porto disparou ainda uma frase que ilustra a mentalidade dos dragões para esta partida:" Empatar, para nós, é perder".

Artigos relacionados