Qualcomm rejeita oferta de aquisição de US$ 103 bilhões feita pela Broadcom

Qualcomm rejeita oferta de aquisição de US$ 103 bilhões feita pela Broadcom

Para quem olha de fora, sim, mas o montante não foi considerado suficiente: a Qualcomm decidiu rejeitar a oferta por entender que ela "subestima drasticamente" o valor da companhia.

A Qualcomm rejeitou, nesta segunda-feira (13), uma proposta de US$ 105 bilhões de aquisição feita pela concorrente Broadcom, que também arcaria com débitos no valor de US$ 25 bilhões.

A Broadcom, na última semana, fez a proposta de USS$ 130 bilhões pela aquisição da rival Qualcomm. Procurada, a Broadcomm não pode ser encontrada imediatamente para comentar o assunto.

É interessante mencionar também que a Qualcomm não está à venda, mas, mesmo assim, recebeu uma proposta de compra involuntária. Seria a maior aquisição da história na indústria de tecnologia e criaria uma gigante no ramo de chips para smartphones.

A proposta também era tida como mais um passo na consolidação do mercado de semicondutores.

A Intel adquiriu outra fabricante de chips, a Altera, por US$ 16,7 bilhões e a própria Qualcomm vem tentando adquirir a NXP, que fabrica processadores para automóveis, por US$ 39 bilhões. Com o anúncio, as ações da Qualcomm subiram 1%, sendo comercializadas a US$ 65,25, enquanto as da Broadcom caíram 0,7%, sendo vendidas a US$ 263. Analistas disseram que um acordo entre as duas empresas ajudaria a Qualcomm a resolver sua batalha legal com o fabricante do iPhone, já que a Broadcom tem um relacionamento mais próximo com a Apple. "Nenhuma empresa está melhor posicionada na área móvel, Internet das Coisas e no setor automotivo na indústria de semicondutores", disse o presidente da Qualcomm, Steve Mollenkopf. "Temos confiança que vamos continuar criando valor para nossos acionistas".

Uma pioneira no mercado de chips para dispositivos móveis, hoje a Qualcomm é fornecedora de grandes marcas, como Apple, Samsung e LG, fazendo chips que ajudam os telefones celulares a se conectarem com redes sem fio.

Artigos relacionados