PIB da Alemanha cresce 2,3% no 3º trimestre

Em termos homólogos, o PIB alemão cresceu 1% no segundo trimestre e 3,5% no primeiro.

Ao mesmo tempo, o Destatis revisou novamente, em alta, a 0,9%, o crescimento do PIB no primeiro trimestre, após uma estimativa inicial de 0,6% e uma primeira revisão a 0,7%.

Caso se confirmem estas previsões de analistas e centros de estudos económicos, isto significa que a economia portuguesa acelerou no terceiro trimestre face aos três meses anteriores. Houve uma contribuição positiva da demanda interna e uma aceleração no consumo privado, porém o investimento desacelerou, mostrou o relatório.

"O contributo da procura externa líquida foi negativo, contrariamente ao registado no trimestre anterior, refletindo a desaceleração em volume das exportações de bens e serviços e a aceleração das importações".

Os primeiros resultados completos para o PIB do terceiro trimestre serão divulgados a 30 de novembro.

Artigos relacionados