PF prende 30 por tráfico internacional de drogas em três estados

PF prende 30 por tráfico internacional de drogas em três estados

Vinte e oito pessoas foram presas na Operação Enigma, deflagrada pela Polícia Federal (PF) na manhã desta sexta-feira (17) em cidades do Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e São Paulo.

Os parentes eram os fornecedores das drogas com origem do Paraguai e com destino a Curitiba e região metropolitana. Os demais mandados, além dos de prisão, são de busca e apreensão. Duas pessoas ainda estão foragidas. "Esses dois tinham mandado de prisão e quando fomos até uma residência prender uma pessoa, eles estavam escondidos no forro da casa".

No Paraná, os mandados foram cumpridos em Curitiba, Campo Magro, Campo Largo, Colombo, Pinhais, Guaratuba e Paranaguá; em Santa Catarina, em São José e Itapema; e no Mato Grosso do Sul em Campo Grande e Ponta Porã.

A operação foi batizada de Enigma e mira uma organização criminosa suspeita de trazer cerca de 200 quilos de crack e cocaína do Paraguai para Curitiba e Região Metropolitana mensalmente.

"Eles atuavam em vários lugares, mas a venda maior acontecia nos bairros do Xaxim, Pinheirinho, CIC e também em alguns municípios da região Metropolitana".

Para encobrir as operações de tráfico, a quadrilha estabeleceu um esquema de lavagem de dinheiro, que escondia as operações financeiras e utilizava laranjas para os negócios do grupo, incluindo carros de luxo, imóveis em zonas rurais ou de alto padrão no litoral catarinense.

Um dos responsáveis por organizar o grupo já havia sido alvo de investigação por tráfico de drogas em outra ação da Polícia Federal e atua por muitos anos como traficante de drogas, de acordo com a corporação.

Aos investigados estão sendo imputados, dentre outros, os crimes de tráfico internacional de entorpecentes, associação para o tráfico, associação criminosa e lavagem de ativos.

De acordo com a polícia, o nome da operação é referente ao momento inicial da investigação, quando ainda eram desconhecidas a atuação e a forma de comunicação do grupo criminoso.

Artigos relacionados