Não terá problemas de bateria com o primeiro smartphone da Razer

Não terá problemas de bateria com o primeiro smartphone da Razer

No início de 2017 a Razer decidiu adquirir a fabricante de smartphones Nextbit, e desde então que os seus planos em entrar no mercado dos smartphones tornaram-se bastante claros. Para saberes tudo sobre o Razer Phone, visita o seu website.

"O Razer Phone apresenta um ecrã IGZO LCD de 5,7" polegadas com uma resolução QHD e uma taxa de actualização de 120Hz, o que é o dobro do que normalmente se encontra em dispositivos móveis.

Além disso, ele tem um pacote bem robusto de especificações técnicas: tecnologia Dolby Atmos de áudio com dois alto-falantes frontais, câmera dupla com 12 MP, bateria de 4.000 mAh, processador Qualcomm Snapdragon 835, 8 GB de RAM e 64 GB de armazenamento interno expansível via micro SD.

Na linha daquilo que tem sido feito pela Apple, o Razer Phone também não inclui entrada 3.5mm para headphones, incluindo na caixa um adaptador USB-C para jack 3.5mm, com certificação THX e um DAC incluído, para a melhor experiência de som possível.

À semelhança do que vemos habitualmente em smartphones da Sony, o primeiro smartphone da Razer traz o seu leitor de impressão digital embutido no botão de desbloqueio, eliminando a necessidade da existência de um botão "home".

O smartphone sairá de fábrica com Android 7.1 e uma versão modificada do Nova Launcher, além da promessa de que receberá o Android 8.0 Oreo no começo de 2018. Para ter ideia, os smartphones em sua maioria contam com uma frequência de 60 Hz. Eventualmente irá também ser disponibilizada uma edição limitada com o logotipo da Razer em verde.

Artigos relacionados