"Não posso deixar de estar orgulhoso com esta solidariedade" — Fernando Gomes

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, mostrou-se muito satisfeito com a iniciativa solidária que decorreu à margem do encontro com a Arábia Saudita, no qual Portugal venceu por 3-0, em Viseu.

O autarca, reeleito, pelo PS, nas eleições de 01 Outubro, critica a Federação Portuguesa de Futebol (FPF), por esta "se ter esquecido do distrito de Coimbra na realização dos dois jogos solidários da selecção portuguesa para ajudar as vítimas dos incêndios do dia 15 de Outubro", afirma numa nota do município enviada à agência Lusa.

"Aquilo que se passou hoje foi fantástico, com espírito de união". A forma como conseguimos agregar os portugueses neste momento de necessidade, todos acorrermos um pouco para minimizar o impacto negativo dos incêndios. Não posso deixar de estar orgulhoso com esta solidariedade, com todo este ambiente. "Naturalmente, bom era que o valor fosse multiplicado para ajudar o maior número de famílias possível".

Fernando Gomes abordou ainda as palavras de elogio de Marcelo Rebelo de Sousa.

"O futebol sempre serviu para unir os povos e as nações e, perante a tragédia que se abateu sobre o distrito de Coimbra", José Carlos Alexandrino não compreende "a insensibilidade social da Federação Portuguesa de Futebol, ao promover iniciativas solidárias com esta delimitação territorial e com critérios susceptíveis de causar revolta nos cidadãos deste distrito que perderam tudo ou quase tudo". "As palavras do presidente da República são a demonstração cabal daquilo que fizemos e fizemos bem".

Artigos relacionados