Massacre no Texas: Pastor considera demolir igreja

Massacre no Texas: Pastor considera demolir igreja

O pastor da Igreja Batista na zona rural do Texas, onde ocorreu o massacre de 26 fiéis, considera demolir o edifício.

Pomeroy afirmou que a demolição é necessária pois seria "doloroso demais" continuar a utilizar o local para o culto. O atirador, cujos motivos segundo as autoridades eram puramente domésticos, vitimou 26 pessoas, incluindo a filha de 14 anos do pastor. Ele chegou a passar 12 meses em confinamento.

O massacre na igreja texana aparenta ter sido motivado por uma situação doméstica. Investigadores revelaram que Kelley havia enviado mensagens ameaçadoras à sogra.

Uma missa acontecerá no domingo em Sutherland Springs atrás do centro comunitário, não muito distante da igreja, de acordo com um post de Sherri Pomeroy publicado no Facebook nesta quinta-feira. Ele chegou a telefonar para o pai dizendo que estava ferido e que achava que não iria sobreviver.

Artigos relacionados