Manifestantes fazem protesto em João Pessoa contra reformas

Manifestantes fazem protesto em João Pessoa contra reformas

Acontece na manhã desta sexta-feira (10), uma manifestação contra a Reforma Trabalhista, que começar a entrar em vigor a partir de amanhã (11); e contra a Reforma da Previdência, que ainda será votada.

Um ato na Praça da Cinelândia, tradicional palco de mobilizações no centro do Rio de Janeiro, reuniu milhares de pessoas e encerrou um dia inteiro de manifestações do Dia Nacional dos Protestos, organizado por centrais sindicais, sindicatos e movimentos sociais. A polícia não informa o número de manifestantes.

Entre os organizadores estavam a Central Única dos Trabalhadores (CUT), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), União Geral dos Trabalhadores (UGT), Nova Central e Força Sindical.

Paulo Bezerra alega que a reforma trabalhista beneficia apenas os empregadores, e tira diretivos dos trabalhadores.

A presidente do sindicato dos auditores fiscais do Trabalho no Piauí, Soraya Lima, disse que considera que as novas leis trabalhistas fragilizam os contratos de trabalho dos empregados.

Artigos relacionados