Jovem encontrou a morte no WhatsApp

Jovem encontrou a morte no WhatsApp

O corpo dela foi achado sem roupas, no período da tarde em uma área rural de Itapagipe, as margens de um córrego, com a cabeça submersa, segundo a polícia, uma calça dela foi achada anteriormente, logo após os familiares reconheceram o corpo. A jovem foi cruelmente assassinada e provavelmente violentada sexualmente, a Polícia Militar de Minas Gerais aguarda o laudo do IML (Instituto Médico Legal). Kelly Cristina Cadamuro morava em Guapaiaçu, na região de São José do Rio Preto, e estava desaparecida desde a tarde de quarta-feira, 1º, quando combinou uma viagem pelo aplicativo para Minas Gerais.

De acordo com os familiares, Kelly ia visitar o namorado, um engenheiro civil, em Itabagipe, no Triângulo Mineiro, e postou a viagem no grupo. Na hora da viagem, porém, a mulher desistiu e foi apenas o homem, a quem ela não conhecia.

O carro usado por Kelly foi achado na manhã desta quinta-feira (2), sem as rodas e acessórios retirados, entre Mirassol e Mirassolândia, em São Paulo. Câmeras do circuito de segurança de um pedágio registraram o momento em que a jovem dirigia o carro na estrada. O último contato de Kelly com a família aconteceu as 19h quando ela abastecia o veículo na rodovia BR-153. Quando o carro volta, o homem aparece sozinho.

Artigos relacionados