Governo bloqueia Skype na China

Governo bloqueia Skype na China

De acordo com as informações, o app foi retirado da Apple Store e também de lojas terceirizadas de apps do Android, já que a Google Play não está disponível no país.

As autoridades chinesas obrigaram a retirada do Skype da App Store, a loja de aplicativos da Apple - anunciou a empresa americana.

Caso o motivo seja esse mesmo, outros aplicativos que utilizam o mesmo tipo de comunicação podem ser removidos também das lojas online de aplicativos na China, mas até agora nenhum outro foi proibido.

Apenas a Apple se pronunciou em relação ao acontecimento com a seguinte nota: "Fomos notificados pelo Ministério da Segurança Pública da China de que uma série de aplicativos de protocolo de voz sobre Internet (VoIP) não cumprem as leis locais".

Tal como o Skype, o WhatsApp encripta as suas mensagens, dificultando a monitorização por terceiros.

"Gostaríamos de não ter que retirar as aplicações, mas, assim como em outros países, cumprimos as leis do lugar onde fazemos negócios", declarou na altura o presidente da Apple, Tim Cook.

Desde que o presidente chinês ascendeu ao poder, em 2012, defende a noção de ditar o que os internautas podem ou não fazer na internet.

Artigos relacionados